UNITA exige do tribunal constitucional explicações públicas sobre decisões tomadas para credibilidade da instituição.

A UNITA exige do tribunal constitucional explicações públicas sobre os fundamentos das decisões que tem tomado nos últimos tempos.

Num comunicado do secretariado Executivo do Comité Permanente, lido pelo porta-voz do Partido, Marcial Dachala, a UNITA, recomenda que com vista a salvaguardar a sua credibilidade, o tribunal constitucional deve esclarecer publicamente, as razões que impedem a fiscalização dos actos do Governo pelos deputados, assim como os constantes chumbos ao pedido de legalização do “PRA-JA Servir Angola”.

RD: Marcial Dachala.

UNITA exige do tribunal constitucional explicações públicas  sobre decisões tomadas para credibilidade da instituição.