Médico do hospital Américo Boavida confirma morte de manifestante em Luanda: Advogado pede responsabilização da Policia Nacional.

 Médico do hospital Américo Boavida confirma morte de manifestante em Luanda: Advogado pede responsabilização da Policia Nacional.

O corpo clinico do hospital, Américo Boavida, confirmou esta quinta-feira, a morte de um manifestante que, nesta quarta-feira participou dos protestos em Luanda, convocados por membros da sociedade civil e que, pela segunda vez, visou exigir o fim do elevado custo de vida no país e a realização das eleições autarquicas em 2021 sem rodeiros.

Antes da confirmação das autoridades sanitárias, rumores davam conta de que, o Jovem identificado pelo nome de, Lando Luvambo de 26 anos, teria morrido durante a manifestação após, alegadamente, ter sido atingido na cabeça com tiro de arma de fogo, disparado por suposto efectivo da Policia Nacional na tentativa de dispersar os manifestantes. Entretanto, o médico que confirmou a Televisão Pública de Angola,TPA, a morte do manifestante, explica que, o Jovem foi socorrido para o hospital pela Policia, onde foi observado e submetido a uma cirurgia por uma equipa multi-disciplinar em virtude do grave ferimento na região craniana.

De acordo com o médico, o óbito do manifestante, cuja condição inspirava cuidados, foi confirmado quatro horas depois da assistência médica recebida.

RD: Médico dos hospital Américo Boavida.

Médico do hospital Américo Boavida confirma morte de manifestante em Luanda.

admin 2

Related post