Hong Kong: EUA prometem proteger activistas pró-democracia exilados

 Hong Kong: EUA prometem proteger activistas pró-democracia exilados

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, prometeu proteger os activistas pró-democracia de Hong Kong que fugiram da cidade, criticando a China por ter ordenado a detenção, no estrangeiro, de alguns deles.

A imprensa estatal chinesa informou na sexta-feira que a polícia de Hong Kong ordenou a detenção de seis activistas pró-democracia que vivem no exílio, acusados de terem violado uma nova e draconiana lei de segurança nacional.

“Os Estados Unidos condenam a tentativa do Partido Comunista Chinês de processar activistas pró-democracia que residem fora da China, incluindo nos EUA. Nós defendemos a liberdade”, escreveu Pompeo na sua conta pessoal da rede social Twitter.

“O Partido Comunista Chinês não pode tolerar que o seu povo pense livremente e tenta, cada vez mais, alargar o seu domínio fora das fronteiras da China”, acusou o chefe da diplomacia norte-americana.

“Os Estados Unidos e outras nações livres continuarão a proteger o nosso povo do longo braço do autoritarismo de Pequim”, acrescentou Pompeo.

Um dos activistas exilados, Samuel Chu, que dirige o Conselho de Democracia de Hong Kong, com sede em Washington, escreveu na sua conta de Twitter que é cidadão americano há 25 anos.

admin 2

Related post