Em Cabinda: UNITA acusa Governo Provincial de proibir realização da marcha para encerramento das celebrações dos 55 anos de existência do parido liderado por Adalberto Costa Júnior.

 Em Cabinda: UNITA acusa Governo Provincial de proibir realização da marcha para encerramento das celebrações dos 55 anos de existência do parido liderado por Adalberto Costa Júnior.

Em Cabinda: UNITA acusa o governador provincial de ter proibido a realização de uma marcha pacifica prevista para este sábado, 3, nas principais artérias  da cidade, no encerramento das celebrações dos 55 anos de existência do “galo negro”.

O secretário provincial Júnior Lembe, que se manifesta indignado com a atitude do governador, Marcos Nhunga, diz que nenhuma lei deve estar acima da Constituição da República.

RD: Júnior Lembe-1

Sobre o 4 de Abril, Dia da Paz e Reconciliação Nacional, o secretário da UNITA na província mais ao norte do país, revela o acto provincial vai contar com a presença do vice-presidente da República, Bornito de Sousa.

Júnior Lembe espera que Bornito de Sousa transmita mensagem de espera à população de Cabinda, que enfrenta um quadro social caótico.

Júnior Lembe-2

Em Cabinda: UNITA acusa o governador provincial de ter proibido a realização de uma marcha pacifica prevista para este sábado, 3, nas principais artérias de da cidade, no encerramento das celebrações dos 55 anos de existência do “galo negro”.

admin 2

Related post