Angola vai aproveitar a 40ª Cimeira dos Chefes de Estados e de Governo da SADC, a ter lugar na próxima segunda-feira

 Angola vai aproveitar a 40ª Cimeira dos Chefes de Estados e de Governo da SADC, a ter lugar na próxima segunda-feira

Angola vai aproveitar a 40ª Cimeira dos Chefes de Estados e de Governo da SADC, a ter lugar na próxima segunda-feira, por videoconferência, para solicitar o apoio dos líderes da região para a recandidatura de Josefa Sacko a comissária da União Africana para a Agricultura, Desenvolvimento Rural, Economia Azul e Ambiente Sustentável.

O desejo foi manifestado, nesta quarta feira, em Luanda, pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, durante uma conferência de imprensa que serviu para fazer o lançamento da 40ª Cimeira Ordinária da SADC (Comunidade de Desenvolvimento da África Austral).  

E, o especialista em relações internacionais Valentino Manuel, considera importante a recandidatura  de Josefa Sacko.

Valentino entende que Sacko, vai ganhar mais influencias no mercado livre por se tratar de uma figura já conhecida na região da SADC.

RD: Valentino Manuel

 Especialista em relações internacionais Valentino Manuel, considera importante a recandidatura  de Josefa Sacko.

   A Cimeira da SADC é responsável pela orientação geral de políticas e pelo acompanhamento das funções da Comunidade, tornando-a numa instituição suprema na tomada de decisões sobre políticas da organização. É constituída por todos os Chefes de Estado e de Governo e gerida com base num sistema de Troika.

Os trabalhos deste ano decorrem sob lema  “SADC – 40 anos, construindo a paz e segurança, promovendo o desenvolvimento e a resiliência, face aos desafios globais”, vão ser abordados, entre outros assuntos, a situação política e de segurança na região, o impacto da Covid-19 e as suas implicações para a região, situação financeira da organização, segurança alimentar regional e recrutamento do secretário executivo e adjunto da SADC.

admin 2

Related post